Casando em Bali – Parte 4: A despedida de solteiro e o nosso casamento em Bali!

Este post é continuação do ‘Passeando com os convidados‘ sobre o nosso casamento em Bali. Se quiser começar do início, leia os textos parte 1 e parte 2 antes 😉

Despedida de solteiro

Véspera do dia tão esperado e nós fomos curtir as últimas horas como ‘solteiros’, antes do nosso casamento em Bali. Descemos então para a recepção do hotel e saímos em carros separados. Cinco meninas (eu, Laura, Bobbi-jo, Ayumi e Suzanne) e cinco meninos (Cauê, Kalen, Tommy, James e Wilton), com a intenção de nos encontrarmos dentro de umas 2-3h.

A versão da noiva

Mari na praia com camiseta de noiva!
Mari na praia com camiseta de noiva!

Nós, meninas, fomos para a praia de Seminyak, em frente ao restaurante onde estaríamos na noite seguinte celebrando o nosso casamento em Bali. Eu adorei! Elas preparam uns drinks, sentamos nas cangas e fizemos algumas brincadeiras, demos muita risada.. Uma das brincadeiras foi que todas nós ganhamos dois ‘anéis de noivado’ (de miçangas). Ninguém poderia falar a palavra ‘wedding’ durante a noite toda. Quem falasse, perdia o anel para quem estivesse ouvindo e no final da noite, quem tivesse mais anéis, ganhava um prêmio. Foi muito gostoso, pisamos no mar e ficamos apreciando aquela linda noite! Vimos uns balões subirem um pouco distante de nós (depois descobrimos que um deles foi para o céu pelas mãos do Cauê e do Kalen).

Todas as meninas se conheceram nesta viagem, algumas até mesmo naquele dia! Eu estava muito contente por todas estarem bem e terem gostado umas das outras. Como o nosso casamento era na noite seguinte, eu não queria beber muito para não começar o dia ruim… Hehe! Então não dei muita corda para continuarmos bebendo quando acabou o nosso drink. De lá, fomos direto para o Potato Head, um bar-balada à beira-mar, onde encontraríamos os meninos. Pedimos uns beliscos e umas cervejas, já super com sono, esperamos cerca de uma hora e meia e nada deles, então voltamos para o hotel. Acabamos chegando todos juntos!

A versão do noivo

Saímos em busca de uma tal barraca de praia que teria supostamente cervejas mega baratas, mas que no final foi até mais caro do que o normal! Paramos então em outro bar e pedimos uma torre de cerveja, pra começar… logo em seguida, vimos que tinham pessoas soltando os famosos balões à beira-mar e meu amigo, Kalen, resolveu comprar um para soltarmos juntos. Foi bem legal!

Despedida de solteiro do Cauê
Despedida de solteiro do Cauê

Acabamos a torre antes do que esperávamos e ainda faltava muito tempo até encontrarmos as meninas, por isso os meus amigos decidiram que tínhamos que ir à um strip club pra poder chamar a noite de “despedida de solteiro”. Foi o que fizemos. Exceto que ao invés de um strip club, fomos parar em um karaoke! Haha! Mas deu certo, porque eles tinham “dançarinas” à disposição nesse lugar. Um amigo meu já tomou a iniciativa e fechou uma sala com karaoke e três dançarinas, mais umas bebidas pra todos.

Foi bem engraçado! Dançamos, cantamos as músicas mais bregas do lugar e assistimos às perfomances das moças, até que recebemos uma ligação das meninas dizendo que já estávam saindo do Potato Head, onde iríamos nos encontrar! Nos demos conta de que tínhamos perdido a noção do tempo, pagamos a conta e fomos direto pro hotel. Afinal, o dia seguinte seria o grande dia! =)

Dormimos todos quase às 3am… do dia do nosso casamento em Bali! S2!

O dia do casamento em Bali

Acordamos felizes! Eu posso dizer que estava me sentindo como me sinto nos dias 12 de dezembro (meu aniversário)! Muito alegre! Muito feliz mesmo!

Acordamos às 8h30 para arrumar as malas e descer tomar café da manhã. Faríamos o check-out depois de irmos na massagem e o check-in no nosso hotel de Lua de Mel antes do nosso casamento em Bali.

Spa com os convidados

Pessoal no Spa, antes do nosso casamento em Bali
Pessoal no Spa, antes do nosso casamento em Bali

Nossa manhã foi muito agradável! Fomos nós dois e mais dez convidados (nós dez da noite anterior e mais a Cris e a Roseli, amigas que tínham vindo do Brasil e chegao na noite anterior), para um spa que a Laura no apresentou uns dias antes.

Chegando lá, cada um decidiu o que iria fazer durante as próximas duas horas: massagem corporal, limpeza e massagem facial, massagem nos pés, massagem com pedras quentes, manicure, pedicure, etc. Curtimos! Ouvindo música e dando risadas! 🙂

Troca de hotéis

O processo todo atrasou um pouco, para variar e saímos do spa na correria, a caminho do Ramada Encore. Precisávamos finalizar as nossas malas antes das 2pm e ir para o nosso hotel de lua de mel. O Cauê foi de moto e eu fui de táxi com as malas. Estava me sentindo nervosa e calma ao mesmo tempo, dificílimo explicar! Haha!

Chegamos no Alam KulKul Boutique Resort às 3pm (sim, vou dar detalhes para vocês imaginarem a adrenalina pré-casamento que estávamos sentindo). Reservamos pelo próprio site do hotel e pegamos um pacote romântico, que incluía massagem balinesa, um jantar, um chá da tarde e um bolo de lua de mel, adoramos! De check-in feito e com as chaves do quarto em mãos, o nervosismo começou novamente. Mas dessa vez de forma diferente, agradável!

Nem tempo de almoçar direito nós tivemos. Chegamos no quarto e que delícia de lugar! O Cauê falava assim: “Amor, vamos cancelar o casamento, fala pra galera vir pra cá curtir conosco, que este quarto é tudo de bom!”. Infelizmente não tivemos tempo pra curtir, tomamos um banho correndo, o Cauê já se aprontou e eu saí toda descabelada e com medo de esquecer alguma coisa. Todos os planos de se arrumar com calma foram por água a baixo, devido à pressa do momento.

Pegamos um táxi quarenta minutos depois, a caminho do restaurante e eu desci correndo um quarteirão antes, no Grandmas Hotel, para terminar de me arrumar. Nesta hora o Cauê soube da surpresa que seus pais haviam preparado: eles mandaram dois chapéus para o noivo! Deixei o pacote com ele, sem explicar direito o que estava acontecendo, ele me deu um sorriso lindo e meio perdido e fui me arrumar.

A arrumação e entrada da noiva

Minhas amigas disseram, minutos antes da cerimônia, enquanto nos maquiávamos e arrumávamos o cabelo, que eu era a noiva mais calma que elas já tinham visto. Não posso negar que nessa hora eu estava realmente muito tranquila e extremamente feliz. Mas olha, que houve nervoso, choro e ansiedade antes desse dia chegar, houve!

Às 4h35pm saímos do hotel – eu, Cris, Roseli, Laura e Ayumi, a caminho do restaurante. Negociamos um táxi, pois o calor estava impossível e já estávamos atrasadas. Os planos de filmar o noivo e a noiva se arrumando, ficarão para o nosso próximo casamento… Haha! Como leram acima, nem tempo de comer direito nós tivemos.

Noiva na espera pra entrar
Noiva na espera pra entrar

Chegamos no Chez Gado Gado e aí foi só alegria. Tudo passou tão rápido!

Recebi meu lindo buquê de flores cor-de-rosa e ainda fiquei um tempo alí na porta, aguardando a hora de entrar. A Camilla me trouxe uma cerveja gelada e aproveitamos para fazer umas fotos. O calor estava demais e o dia estava lindo, não tinha como estar melhor.

A cerimônia

Logo que eu entrei, o Cauê veio me encontrar e fomos até o deck, onde todos nos esperavam para a cerimônia começar. Nós dois estávamos suando e muito, uma mistura de muito calor, alegria, emoção a mil, muito amor e um brilho que refletia nos nossos olhos, nem sei como explicar!

Fiquei tão feliz de ver que nossos pais e nossos irmãos estavam presentes, via Google Hangouts e muitos amigos via Facebook Live! Eu olhava no celular a toda hora e sorria pra eles. Além deles e nossos amigos, todas as pessoas que passavam pela praia paravam para olhar pros noivos! 🙂

Convidados reunidos após a cerimônia
Convidados reunidos após a cerimônia

Tivemos as alianças abençoadas pelas mãos de todos os convidados, foi um momento muito especial! Em seguida, me lembrei que iríamos brindar com cervejas australianas (Fat Yak e Feral), que a Bobbi-Jo e o James trouxeram para nós e que eu tinha esquecido as cervejas no hotel! Haha! Tivemos que dar uma pausa na cerimônia, mas logo tudo foi resolvido. A Laura havia trazido uma latinha australiana (Mornington) e fizemos um ritual de mistura de cervejas com a cerveja local indonésia mesmo, Bintang. Ficou ótimo e representou bem nossa história Austrália/Indonésia!

Na hora do beijo, o Cauê me beijou como em cenas de filme… Amei!

Ao terminar a cerimônia, fizemos uma foto com todos os convidados e, em seguida, todos assinaram o nosso ‘Certificado de Casamento’. Aproveitamos para tirar fotos na praia, com o pôr-do-sol. Em seguida voltamos ao restaurante, onde nossos amigos nos esperavam, para brindar e curtir aquela noite agradável de lua cheia.

Casados na praia
Casados na praia

Passamos umas sete horas no restaurante e, ainda não satisfeitos, fomos todos para o Potato Head curtir a piscina à beira-mar durante a madrugada.

A lua-de-mel

Os próximos três dias após nosso casamento em Bali foram de muita tranquilidade, curtindo nosso cafofo delícia no hotel, com direito à Jacuzzi e massagem balinesa! Apesar disso, não deixamos de curtir com nossos amigos, é claro! Tivemos o que na Austrália alguns chamam de “buddymoon“, ou lua camarada (em uma tradução livre).

Gostamos tanto, mas tanto de preparar esta cerimônia e dos dez dias que passamos nesta ilha deliciosa que é Bali! Agora precisamos decidir quando e onde será o próximo casamento! Haha!

Alguma sugestão?

Recomendações sobre os serviços que usamos e adoramos:

Cerimonialistas: Intan e Henny
Foto e vídeo: Mariyasa Art Photo

 

Esperamos que tenham gostado!

Beijos,

Mamá e Cauê

Comments

comments

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *